O que são as Necessidades Educativas Especiais

Necessidades Educativas Especiais

O que são as Necessidades Educativas Especiais

O termo Necessidades Educativas Especiais é utilizado para enquadrar crianças com dificuldades na aprendizagem ou no acompanhamento do currículo escolar.

As razões para a dificuldade na aprendizagem podem ter origens variadas, as mais frequentes são as seguintes:

  • Autismo
  • Surdez-cegueira
  • Deficiência auditiva (impedimento auditivo)
  • Deficiência visual (impedimento visual)
  • Deficiência mental (problemas intelectuais)
  • Problemas motores graves
  • Perturbações emocionais e do comportamento graves
  • Dificuldades de aprendizagem específicas
  • Problemas de comunicação
  • Traumatismo craniano
  • Multideficiência
  • Problemas de saúde

Sendo que estas características devem ser sempre alvo de uma avaliação precoce e especializada. Sempre por parte de equipas multidisciplinares, tendo em conta as características de cada criança.

O acompanhamento destas crianças e o estímulo à aprendizagem são cruciais para potenciar todas as suas capacidades e promover a melhor integração na sociedade e a sua autonomia.

Assim os pais e profissionais de educação que contactam diariamente com crianças com necessidades educativas especiais, enquanto cuidadores devem ter formação adequada.

A formação deve abranger várias áreas sensíveis para que os profissionais se sintam seguros e informados nas funções que desempenham, desta forma, devem ser sensíveis e conscientes do seu papel no acompanhamento das crianças, devem ter as noções gerais de como funciona a Educação Especial, também devem desenvolver competências para o contacto com crianças com necessidades de educação especiais nos diferentes contextos e suas famílias. Sendo que também é importante desenvolverem competências de apoio à realização de actividades para o desenvolvimento das capacidades das crianças e finalmente devem desenvolver o perfil de Auxiliar de Ação Educativa nas dimensões do “saber”, “saber fazer” e “saber ser”.

Todas as pessoas que estão envolvidas no desenvolvimento de crianças com necessidades educativas especiais devem ter a consciência do impacto que têm nas suas vidas futuras e na integração das mesmas na sociedade.

Enquanto crianças com necessidades educativas especiais não deve ser tratadas de forma diferente das outras crianças, devem ser tratadas como qualquer criança. Porque se forem tratadas de acordo com as suas características individuais terão um desenvolvimento mais positivo.

O sucesso de cada criança depende de cada um, enquanto cuidadores somos responsáveis pela integração e sucesso de cada criança.

 

 

Sem comentários de momento

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.