Auxiliar de Acção Educativa – Apoio a Crianças e Jovens

Auxiliar de Acção Educativa

Auxiliar de Acção Educativa – Apoio a Crianças e Jovens

Em todas as escolas e instituições que trabalham com crianças, há a necessidade de profissionais qualificados. Assim a figura do Professor/Educador e auxiliar de acção educativa são os principais na linha da frente para interagirem com as crianças.

A colaboração entre professores/educadores e auxiliares é essencial para o acompanhamento saudável e seguro das crianças.

O auxiliar de acção educativa tem como principais funções o desenvolvimento de actividades pedagógicas, acompanhar nas refeições, assim como, zelar pela segurança e garantir o desenvolvimento intelectual saudável da criança/aluno.

A formação nesta área é essencial para que os profissionais a desempenhar estas funções sejam sensíveis e conscientes do impacto que poderam ter no desenvolvimento de uma criança. Todos nós nos lembramos da pessoa que tomava conta das crianças nos nossos tempos de escola. Uns mais severos outros mais compreensivos, todos temos uma marca deixada por essa pessoa. Assim é importante os novos profissionais terem essa conciência para marcarem positivamente as crianças/alunos.

Todavia é importante que estes profissionais tenham presentes competências técnicas e pedagógicas para se saberem relacionar com as crianças/alunos.

Nesta profissão é essencial saber identificar e reagir a uma situação de emergência. Ter noções de primeiros socorros podem fazer toda a diferença. Este deve ser um requisito essencial na contratação de um profissional.

O Auxiliar de Acção Educativa deve estar consciente do comportamento das crianças e saber reagir de forma adequada. Neste contexto é necessário que o auxiliar esteja apto a lidar com crianças que apresentem necessidades de ensino especial, com os diferentes comportamentos e necessidades de interação.

Se gosta de interagir com crianças e tem um dom especial para a educação, é a profissão adequada para si. Para trabalhar com crianças é necessário darmos muito de nós mas o que recebemos em troca é maior.

“Não eduques as crianças nas várias disciplinas recorrendo à força, mas como se fosse um jogo, para que também possas observar melhor qual a disposição natural de cada um.”

Platão

Sem comentários de momento

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.